OVÁRIO MICROCISTICOS É MUITO FREQUENTE

OBESIDADE VISCERAL PODE LEVAR À FALTA DE AR

15 de dezembro de 2011

ENDOCRINOLOGIA – NEUROENDOCRINOLOGIA: OS COMPROMETIMENTOS DA SAÚDE DA MULHER QUE APRESENTA SÍNDROME DOS OVÁRIOS MICROPOLICÍSTICOS (SOMP) E AS DIFERENÇAS QUE OCORREM NAS QUE DESENVOLVEM OBESIDADE E AS OUTRAS QUE NÃO DESENVOLVEM OBESIDADE.

A síndrome dos ovários micropolicísticos (SOMP) é a endocrinopatia mais comum em mulheres na idade reprodutiva, com prevalência de 6 a 10%. A síndrome dos ovários micropolicísticos (SOMP) é descrita como uma desordem ovariana, cujos principais marcadores são a anovulação (falta de ovulação) e o hiperandrogenismo (excesso de hormônios masculinizantes). Além disso, distúrbios metabólicos são frequentemente encontrados em mulheres com síndrome dos ovários micropolicísticos (SOMP), como a obesidade, a hiperinsulinemia, resistência à insulina (RI), diabetes mellitus tipo 2 (DM2) de início precoce, dislipidemia e síndrome metabólica, trazendo várias repercussões clínicas desfavoráveis a essas pacientes. Esses fatores de risco que levam a um aumento do risco para doença cardiovascular (DCV) e coexistem em portadoras de síndrome dos ovários micropolicísticos (SOMP) estão associados a um aumento do risco para desenvolver aterosclerose.
Considerando a longa fase de latência de progressão da doença aterosclerótica e a manifestação dos sintomas clínicos, a possibilidade de avaliar a função arterial previamente ao aparecimento de placas de aterosclerose detectáveis angiograficamente é atrativa e importante do ponto de vista de detecção precoce e avaliação de risco para doença cardiovascular (DCV). Várias medidas ecográficas ultrassonográficas não-invasivas) de avaliação da função e estrutura arterial têm se mostrado úteis clinicamente, como a espessura íntimo-média da artéria carótida, a complacência arterial e a função endotelial. Evidências têm sugerido que a redução na complacência e o aumento da rigidez arterial constituem fatores de risco independentes para doença cardiovascular (DCV), pois contribuem para a sua fisiopatologia, enquanto a espessura das camadas íntima e média da artéria carótida quando elevada é considerada um marcador de doença aterosclerótica, principalmente da doença arterial coronariana precoce. A função endotelial atualmente é avaliada pela ultrassonografia da artéria braquial, através da determinação da dilatação mediada pelo fluxo, e a sua diminuição prediz um aumento de eventos cardiovasculares. A obesidade está presente em aproximadamente metade das mulheres com síndrome dos ovários micropolicísticos (SOMP). Acredita-se que a obesidade tenha um papel crucial no desenvolvimento e/ou manutenção da síndrome dos ovários micropolicísticos (SOMP) e exerça grande influência nas alterações clínicas e metabólicas associadas a essa síndrome, visto que uma pequena redução do peso (5%) é capaz de melhorar o hiperandrogenismo e o padrão de anovulação presentes nas portadoras desta moléstia. A obesidade também exerce influência na patogênese de outras doenças, como a DM2, e, por si só, desenvolve hiperandrogenismo e anovulação em mulheres sem síndrome dos ovários micropolicísticos (SOMP). A obesidade também pode predispor a paciente a um aumento na rigidez e uma diminuição na complacência arterial e está associada a um aumento da espessura da camada íntimo-média da artéria carótida, podendo causar um impacto direto na função da musculatura lisa dessas artérias, levando à crença de que mulheres com síndrome dos ovários micropolicísticos (SOMP) obesas têm um maior risco para doença cardiovascular (DCV). Até então, não há na literatura ou trabalhos que comparem esses marcadores em pacientes com síndrome dos ovários micropolicísticos (SOMP) divididas por índice de massa corporal (IMC) para verificar quais deles são influenciados pelo peso.



Dr. João Santos Caio Jr. 
Endocrinologia – Neuroendocrinologista 
CRM 20611 

Dra. Henriqueta V. Caio 
Endocrinologista – Medicina Interna 
CRM 28930 


Como Saber Mais: 1. A síndrome dos ovários micropolicísticos (SOMP) é descrita como uma desordem ovariana, cujos principais marcadores são a anovulação (falta de ovulação) e o hiperandrogenismo (excesso de hormônios masculinizantes)...
http://acnecia.blogspot.com/

2. A obesidade está presente em aproximadamente metade das mulheres com síndrome dos ovários micropolicísticos (SOMP)...
http://nutricaocontrolada.blogspot.com/

3. Mulheres com síndrome dos ovários micropolicísticos (SOMP) obesas têm um maior risco para doença cardiovascular (DCV)...
http://obesidadedescontrolada1.blogspot.com

AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO 
DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA.


Referências Bibliográficas:
Prof. Dr. João Santos Caio Jr, endocrinologista,neuroendocrinologista, Dra Henriqueta Verlangieri Caio, endocrinologista,medicina interna-Van Der Häägen Brazil – São Paulo –Brasil, Yildiz BO, Haznedaroglu IC, Kirazli S, Bayraktar M. Global fibrinolytic capacity is decreased in polycystic ovary syndrome, suggesting a prothrombotic state. J Clin Endocrinol Metab. 2002;87(8):3871-5. Grundy SM, Cleeman JI, Daniels SR, Donato KA, Eckel RH, Franklin BA, et al. Diagnosis and management of the metabolic syndrome. An American Heart Association/National Heart, Lung, and Blood Institute Scientific Statement. Executive summary. Cardiol Rev. 2005;13(6):322-7. Fernhall B, Agiovlasitis S. Arterial function in youth: window into cardiovascular risk. J Appl Physiol. 2008;105(1):325-33. Safar ME, London GM. Therapeutic studies and arterial stiffness in hypertension: recommendations of the European Society of Hypertension. The Clinical Committee of Arterial Structure and Function. Working Group on Vascular Structure and Function of the European Society of Hypertension. J Hypertens. 2000;18(11):1527-35. Bots ML, Grobbee DE, Hofman A, Witteman JC. Common carotid intimo-media thickness and risk of acute myocardial infarction: the role of lumen diameter. Stroke. 2005;36(4):762-7.


Contato:
Fones: (11)5572-4848/(11)5087-4404(11) 2371-3337/ ou 98197-4706 TIM

Rua: Estela, 515 – Bloco D -12ºandar - Conj 121/122
Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002
e-mails: vanderhaagen@gmail.com



Site Clinicas Caio
http://drcaiojr.site.med.br/
http://dracaio.site.med.br/


Site Van Der Haagen Brazil
www.vanderhaagenbrazil.com.br
www.clinicavanderhaagen.com.br
www.obesidadeinfoco.com.br
www.crescimentoinfoco.com

Joao Santos Caio Jr

Video

Google Maps:
http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl=pt&sll=-23.578256,-46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie=UTF8&ll=-23.575591,-46.650481&spn=0,0&t=h&z=17

10 de dezembro de 2011

ENDOCRINOLOGIA – NEUROENDOCRINOLOGIA: A SÍNDROME DOS OVÁRIOS MICROPOLICÍSTICOS PODE LEVAR A MULHER À INFERTILIDADE.

A síndrome do ovário micropolicístico (SOMP), também conhecida como Síndrome de Stein-Leventhal é a endocrinopatia mais comum entre as mulheres, podendo levar à oligomenorréia (pequena quantidade de sangramento menstrual) ou amenorréia (sem sangramento menstrual), sinais clínicos ou bioquímicos de hiperandrogenia (excesso de hormônios masculinizantes) e ovários policísticos. A síndrome dos ovários micropolicísticos (SOMP) é ​​um dos mais comuns distúrbios endócrinos do sexo feminino, afetando cerca de 5% -10% das mulheres em idade reprodutiva de 12 a 45 anos de idade e se acredita que seja uma das principais causas de infertilidade feminina. As principais características são anovulação (não ovula), obesidade (menstruação irregular podendo resultar em amenorréia, acne, e consequências excessivas dos hormônios androgênicos (masculinizantes). Os sintomas e a gravidade da síndrome variam muito entre as mulheres. Embora as causas sejam desconhecidas, resistência à insulina, diabetes e obesidade estão fortemente correlacionadas com síndrome do ovário micropolicístico (SOMP). As gorduras trans, têm sido implicadas como causa de resistência à insulina, diabetes mellitus tipo 2 e obesidade, portanto, são também provavelmente a causa da síndrome do ovário micropolicístico (SOMP). 
Esta é uma das mais comuns do ovário policístico desordem metabólica de mulheres maduras, causada por diferentes mecanismos patogênicos.Esta é a causa mais comum de níveis elevados de andrógenos para síndrome dos ovários micro policísticos (SOMP) - hiperandrogenismo e infertilidade nas mulheres distúrbios menstruais. O antigo termo Síndrome de Stein-Leventhal e também outros nomes como o hiperandrogenismo crônico levando à anovulação (falta de ovulação) ou à doença policística ovariana (síndrome dos ovários micropolicístico - SOMP) ainda são possíveis. A síndrome dos ovários micropolicísticos (SOMP), também chamada de síndrome de Stein-Leventhal, é um distúrbio endócrino que pode levar à anovulação, oligomenorreia ou amenorreia e é um dos desequilíbrios hormonais mais comuns na fase reprodutiva da mulher, geralmente dos 12 aos 45 anos. Para que se considere uma mulher como tendo síndrome dos ovários micropolicístico ela deve se enquadrar em vários critérios: anovulação ou oligomenorreia, excesso de atividade androgênica, os ovários micropolicísticos (quando podem ser visualizados por ultra-som ginecológico).
 Devem ser excluídas: hiperplasia adrenal congênita, tumor andrógeno que pode secretar prolactina. A síndrome de Stein-Leventhal, ou síndrome dos ovários micropolicísticos (SOMP) ainda é uma doença mal compreendida que afeta os ovários e tem muitos efeitos. A síndrome é causada por um desequilíbrio hormonal em mulheres. Este desequilíbrio leva a ciclos menstruais irregulares com períodos com muitas acnes e crescimento importante dos pelos em locais que não são comuns nas mulheres. Nem sempre todos os sintomas estão presentes o que torna mais difícil o seu diagnóstico.


AUTORES PROSPECTIVOS

Dr. João Santos Caio Jr. 
Endocrinologia – Neuroendocrinologista 
CRM 20611 

Dra. Henriqueta V. Caio 
Endocrinologista – Medicina Interna 
CRM 28930 



Como Saber Mais: 1. A síndrome do ovário micropolicístico (SOMP), também conhecida como Síndrome de Stein-Leventhal é a endocrinopatia mais comum entre as mulheres...
http://acnecia.blogspot.com/

2. As gorduras trans, têm sido implicadas como causa de resistência à insulina, diabetes mellitus tipo 2 e obesidade, portanto, são também provavelmente a causa da síndrome do ovário micropolicístico (SOMP)...
http://nutricaocontrolada.blogspot.com/

3. A síndrome é causada por um desequilíbrio hormonal em mulheres. Este desequilíbrio leva a ciclos menstruais irregulares com períodos com muitas acnes e crescimento importante dos pêlos em locais que não são comuns nas mulheres...
http://obesidadedescontrolada1.blogspot.com

AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA.

Referências Bibliográficas:

Prof. Dr. João Santos Caio Jr, endocrinologista,neuroendocrinologista, Dra Henriqueta Verlangieri Caio, endocrinologista,medicina interna-Van Der Häägen Brazil – São Paulo –Brasil, Azziz R, Carmina E, Dewailly D, Diamanti-Kandarakis E, Escobar-Morreale HF, Futterweit W, et al. O excesso de andrógenos e critérios da Sociedade SOP para a síndrome dos ovários policísticos: o relatório da força tarefa completa. Steril Fertil . Fevereiro 2009;. 91 (2) :456-88; Stein I, Leventhal Amenorréia M. associados com ovários bilateralpolycystic. Am J Obstet Gynecol . 1935; 29:181.; Stein IF. Duração da infertilidade após ressecção do ovário cunha. West J Surg . 1964; 72:237.; Kiddy et al , 1992;. Guzick et al , 1994;. Clark et al , 1995;. Holte et al , 1995;. Huber-Buchholz et al ., 1999; Huber-Buchholz et al , 1999;. Thomson et al ., 2008; Goodpaster et al , 1999;. Park e Lee, 2005; Smith e Zachwieja, 1999; Thorne et al ., 2002; Klein et al ., 2004; Tang et al ., 2006; Kuchenbecker et al ., 2010; Freedland, 2004; Weiss, 2007; Koska et al ., 2008; Goodpaster et al , 1999;. Freedland, 2004; Kay e Fiatarone Singh, 2006; Ohkawara et al ., 2007; Christiansen et al , 2009; Palomba et al ., 2008; Hutchison et al ., 2011; Carroll e Dudfield, 2004; Thomson et al , 2008; Guzick et al , 1994;. Pasquali et al , 2006; Poretsky, 1991; Pasquali et al , 2006;. Bohler et al , 2010; Carmina et al ., 2009; Mitchell et al ., 2005; Clark et al , 1995;. Hoeger et al , 2004;. Palomba et al , 2008. 

Contato:
Fones: (11)5572-4848/(11)5087-4404(11) 2371-3337/ ou 98197-4706 TIM

Rua: Estela, 515 – Bloco D -12ºandar - Conj 121/122
Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002
e-mails: vanderhaagen@gmail.com


Site Clinicas Caio
http://drcaiojr.site.med.br/
http://dracaio.site.med.br/

Site Van Der Haagen Brazil
www.vanderhaagenbrazil.com.br
www.clinicavanderhaagen.com.br
www.obesidadeinfoco.com.br

www.crescimentoinfoco.com


Joao Santos Caio Jr

Video

Google Maps:
http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl=pt&sll=-23.578256,-46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie=UTF8&ll=-23.575591,-46.650481&spn=0,0&t=h&z=17

8 de dezembro de 2011

ENDOCRINOLOGIA – NEUROENDOCRINOLOGIA: A IMPORTÂNCIA DA SÍNDROME DOS OVÁRIOS POLICÍSTICOS NA FERTILIDADE FEMININA, SUAS CONSEQUÊNCIAS E OS EXAMES QUE PODEM SER EFETUADOS PARA O SEU DIAGNÓSTICO.

Esta síndrome é o acúmulo de muitos folículos ovarianos não completamente desenvolvidos no ovários. Esta condição é caracterizada por ciclos menstruais irregulares, menstruação insuficiente ou ausente, múltiplos pequenos cistos nos ovários (ovários policísticos), hirsutismo (excesso de pêlos) leve e infertilidade. Muitas mulheres com esta condição também têm diabetes com resistência à insulina. A função ovariana anormal não deixa os folículos se desenvolverem completamente, e por vezes, se acumulam nos ovários. Estes óvulos não atingem a maturidade e, portanto, não são expulsos do ovário (ovulação), criando um ciclo vicioso, causando acúmulo na produção de cistos e infertilidade. Geralmente ovários policísticos podem apresentar um tamanho de 2 a 5 vezes maior do que os ovários normais e têm uma parede externa branca, grossa e muito resistente. Esta condição é comumente chamado de síndrome de Stein-Leventhal e geralmente se desenvolve logo após a puberdade.

Mulheres com ovários micropolicísticos param de menstruar ou podem apresentar ciclo menstrual irregular. Em alguns casos, pode ocorrer o ganho de peso, tornando-se obesas, e podem desenvolver uma quantidade excessiva de pêlos faciais ou corporais (hirsutismo).e em algumas mulheres pode ocorrer a virilização (características sexuais secundárias masculinizadas). Apesar de não ser bem compreendida a causa da doença de Stein-Leventhal, há algumas teorias que sugerem que isso é causado por problemas na produção de estrógeno e feedback (retroalimentação) hipotalâmica dos ovários. A função ovariana normal depende de muitos hormônios e quando um ou mais desses hormônios não ocorre no momento certo e em concentração adequada, pode interferir no desenvolvimento normal do ovário.
A função ovariana normalmente pode não ocorrer se o corpo de uma mulher não produz quantidades suficientes de hormônios hipofisários (hormônio luteinizante – LH, e hormônio folículo estimulante - FSH). No entanto, um aumento na quantidade de hormônio folículo estimulante (FSH), que é um hormônio normalmente produzido pela glândula pituitária (hipófise), que freqüentemente estimula os óvulos subdesenvolvidos para amadurecerem e serem liberados do ovário. Mulheres que foram diagnosticadas com este transtorno em geral têm uma mãe ou irmã com sintomas semelhantes comumente associados com a doença do ovário policístico. No entanto, não há provas suficientes até o momento para verificar se esta doença tem uma relação genética. A concepção muitas vezes é possível com tratamentos médicos adequados ou cirúrgicos. Após a concepção, a gravidez é geralmente cheia de transtornos.
Em um exame pélvico, o médico pode notar um clitóris aumentado (achado muito raro) e ovários também aumentados de tamanho. 
Vários exames clínico-laboratoriais e cirúrgicos podem ser efetuados para o diagnóstico de síndrome de ovários micropolísticos, que são: LH (hormônio luteinizante) e FSH (hormônio folículo estimulante) aumentados. Ultra-som vaginal ou transvaginal. Laparoscopia. Biópsia dos ovários. Altos níveis de andrógenos (testosterona). 17-cetosteróides na urina pode ser elevado. LH elevados. Nível de estrogênio relativamente alto. Hormônio folículo estimulante (FSH) diminuído. Beta - HCG (teste de gravidez). A síndrome dos ovários micropolicísticos também pode alterar os resultados do estriol na urina e no soro. A redução de peso, que pode ser muito difícil, é também muito importante. Também é essencial se manter a saúde ótima e eliminar as complicações da obesidade. Finalmente a "ressecção em cunha" dos ovários foi usada no passado para remover os cistos.


AUTORES PROSPECTIVOS
Dr. João Santos Caio Jr. 
Endocrinologia – Neuroendocrinologista 
CRM 20611 

Dra. Henriqueta V. Caio 
Endocrinologista – Medicina Interna 
CRM 28930 

Como Saber Mais:
1. Esta síndrome é o acúmulo de muitos folículos ovarianos não completamente desenvolvidos no ovários...
http://acnecia.blogspot.com/

2. A função ovariana normal depende de muitos hormônios e quando um ou mais desses hormônios não ocorre no momento certo e em concentração adequada, pode interferir no desenvolvimento normal do ovário...
http://nutricaocontrolada.blogspot.com/

3. Vários exames clínico-laboratoriais e cirúrgicos podem ser efetuados para o diagnóstico de síndrome de ovários micropolísticos...
http://obesidadedescontrolada1.blogspot.com

AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO
DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA.


Referências Bibliográficas:
Prof. Dr.João Santos Caio Jr, endocrinologista,neuroendocrinologista, Dra Henriqueta Verlangieri Caio, endocrinologista,medicina interna-Van Der Häägen Brazil – São Paulo –Brasil, Azziz R, Carmina E, Dewailly D, Diamanti-Kandarakis E, Escobar-Morreale HF, Futterweit W, et al. O excesso de andrógenos e critérios da Sociedade SOP para a síndrome dos ovários policísticos: o relatório da força tarefa completa. Steril Fertil . Fevereiro 2009;. 91 (2) :456-88; Stein I, Leventhal Amenorréia M. associados com ovários bilateralpolycystic. Am J Obstet Gynecol . 1935; 29:181.; Stein IF. Duração da infertilidade após ressecção do ovário cunha. West J Surg . 1964; 72:237.; Kiddy et al , 1992;. Guzick et al , 1994;. Clark et al , 1995;. Holte et al , 1995;. Huber-Buchholz et al ., 1999; Huber-Buchholz et al , 1999;. Thomson et al ., 2008; Goodpaster et al , 1999;. Park e Lee, 2005; Smith e Zachwieja, 1999; Thorne et al ., 2002; Klein et al ., 2004; Tang et al ., 2006; Kuchenbecker et al ., 2010; Freedland, 2004; Weiss, 2007; Koska et al ., 2008; Goodpaster et al , 1999;. Freedland, 2004; Kay e Fiatarone Singh, 2006; Ohkawara et al ., 2007; Christiansen et al , 2009; Palomba et al ., 2008; Hutchison et al ., 2011; Carroll e Dudfield, 2004; Thomson et al , 2008; Guzick et al , 1994;. Pasquali et al , 2006; Poretsky, 1991; Pasquali et al , 2006;. Bohler et al , 2010; Carmina et al ., 2009; Mitchell et al ., 2005; Clark et al , 1995;. Hoeger et al , 2004;. Palomba et al , 2008. 

Contato:
Fones: (11)5572-4848/(11)5087-4404(11) 2371-3337/ ou 98197-4706 TIM

Rua: Estela, 515 – Bloco D -12ºandar - Conj 121/122
Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002
e-mails: vanderhaagen@gmail.com


Site Clinicas Caio
http://drcaiojr.site.med.br/
http://dracaio.site.med.br/

Site Van Der Haagen Brazil
www.vanderhaagenbrazil.com.br
www.clinicavanderhaagen.com.br

www.obesidadeinfoco.com.br
www.crescimentoinfoco.com


Joao Santos Caio Jr

Video

Google Maps:
http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl=pt&sll=-23.578256,-46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie=UTF8&ll=-23.575591,-46.650481&spn=0,0&t=h&z=17

Seguir no Google Buzz

28 de setembro de 2011

ENDOCRINOLOGIA – NEUROENDOCRINOLOGIA: OVÁRIOS MICROPOLICÍSTICOS; MULHERES ANOVULATÓRIAS COM SÍNDROME DE OVÁRIOS MICROPOLICÍSTICOS PODEM RETOMAR A OVULAÇÃO COM MUDANÇAS DO ESTILO DE VIDA.

MAS PARA QUE ISTO OCORRA DEVEM PERDER PRECOCE E PRINCIPALMENTE GORDURA INTRA-ABDOMINAL, MELHORAR A RESISTÊNCIA À INSULINA E DIMINUIR OS NÍVEIS DE ANDRÓGENOS (HORMÔNIOS MASCULINIZANTES) LIVRES.

Esta avaliação mostra que em mulheres anovulatórias com síndrome de ovários micropolicísticos e obesidade (sobrepeso, obesidade, obesidade abdominal, intra-abdominal, central, visceral) participantes de um programa de mudança de estilo de vida o restabelecimento da ovulação está associado à perda precoce e consistente de gordura intra-abdominal. 
O mecanismo mais provável de reaparecimento da ovulação após a perda da gordura intra-abdominal durante um programa de mudança de estilo de vida é a melhora da resistência à insulina e a diminuição dos níveis de andrógenos (hormônios masculinizantes) livres, mas outros mecanismos também devem ser considerados. Mulheres com síndrome de ovários micropolicísticos anovulatórias têm alteração na secreção de adipocitocinas (as adipocitocinas influenciam numa variedade de processos fisiológicos, entre eles, o controle da ingestão alimentar, a homeostase energética, a sensibilidade à insulina, a angiogênese (formação de vasos), a proteção vascular, a regulação da pressão e a coagulação sanguínea ) e mudanças na secreção de adipocitocinas devido à perda de gordura intra-abdominal também pode ser considerado como um mecanismo de restabelecimento da ovulação, uma vez que estas substâncias também têm efeitos diretos sobre o ovário. 
Estudos futuros devem tentar avaliar as intervenções destinadas a perda de gordura intra-abdominal e devem tentar explorar o mecanismo envolvido no reaparecimento da ovulação devido à perda de gordura intra-abdominal. O presente estudo foi um piloto para estudar a viabilidade de um programa de mudança de estilo de vida em um centro de fertilidade terceirizado. Apesar da orientação pessoal por um profissional de saúde utilizando técnicas de entrevista motivacional, houve uma taxa de abandono alta de cerca de 1/3. Esta taxa de abandono está de acordo com as taxas relatadas em estudos anteriores sobre a intervenção de mudança de estilo de vida em populações de pacientes comparáveis. Com base em dados de acompanhamento até 6 meses após o abandono deste, que foi efetuado pelas mulheres que até o momento do abandono do acompanhamento não haviam retomado a ovulação. 
Esta decisão foi baseada no fato de que a retomada da ovulação é altamente improvável em mulheres anovulatórias com obesidade que não perdem peso. Não podemos no entanto excluir a possibilidade de que as mulheres no grupo de abandono apresentaram ovulações ocasionais, apesar da não perda de peso adicional. Em conclusão, esta avaliação indica que mulheres anovulatórias com síndrome de ovários micropolicísticos e obesidade (sobrepeso, obesidade, obesidade abdominal, intra-abdominal, central, visceral), que voltam a ovular durante um programa de mudança de estilo de vida em que perdem 4 kg (3,3%) do peso e 0,5 kg (10,7%) da gordura intra-abdominal avaliada pelos 2 feixes de raio-X (DEXA) comparando-se com mulheres que permanecem anovulatórias. Além disso, a perda precoce e consistente de gordura intra-abdominal está associada com a retomada da ovulação. Pesquisas devem ser concebidas para avaliar a combinação de dieta e programas de exercícios orientados que visam a perda de gordura intra-abdominal e melhora da resistência à insulina para a retomada da ovulação, diminuindo assim o número de mulheres inférteis que requerem indução da ovulação. 

AUTORES PROSPECTIVOS
Dr. João Santos Caio Jr. 
Endocrinologia-Neuroendocrinologista 
CRM 20611

Dra. Henriqueta V. Caio 
Endocrinologista – Medicina Interna 
CRM 28930 

Como Saber Mais:
1. Mulheres anovulatórias com síndrome de ovários micropolicísticos e obesidade participantes de um programa de mudança de estilo de vida, o restabelecimento da ovulação está associado à perda precoce e consistente de gordura intra-abdominal...

2. Mulheres com síndrome de ovários micropolicísticos anovulatórias têm alteração na secreção de adipocitocinas... 

3.1/3 das mulheres abandonaram o acompanhamento porque não retomaram a ovulação... 

AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO 
DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA. 

Referências Bibliográficas:
Prof.Dr.João Santos Caio Jr, endocrinologista,neuroendocrinologista, Dra Henriqueta Verlangieri Caio, endocrinologista,medicina interna-Van Der Häägen Brazil – São Paulo –Brasil, Azziz R, Carmina E, Dewailly D, Diamanti-Kandarakis E, Escobar-Morreale HF, Futterweit W, et al. O excesso de andrógenos e critérios da Sociedade SOP para a síndrome dos ovários policísticos: o relatório da força tarefa completa. Steril Fertil . Fevereiro 2009;. 91 (2) :456-88; Stein I, Leventhal Amenorréia M. associados com ovários bilateralpolycystic. Am J Obstet Gynecol . 1935; 29:181.; Stein IF. Duração da infertilidade após ressecção do ovário cunha. West J Surg . 1964; 72:237.; Kiddy et al , 1992;. Guzick et al , 1994;. Clark et al , 1995;. Holte et al , 1995;. Huber-Buchholz et al ., 1999; Huber-Buchholz et al , 1999;. Thomson et al ., 2008; Goodpaster et al , 1999;. Park e Lee, 2005; Smith e Zachwieja, 1999; Thorne et al ., 2002; Klein et al ., 2004; Tang et al ., 2006; Kuchenbecker et al ., 2010; Freedland, 2004; Weiss, 2007; Koska et al ., 2008; Goodpaster et al , 1999;. Freedland, 2004; Kay e Fiatarone Singh, 2006; Ohkawara et al ., 2007; Christiansen et al , 2009; Palomba et al ., 2008; Hutchison et al ., 2011; Carroll e Dudfield, 2004; Thomson et al , 2008; Guzick et al , 1994;. Pasquali et al , 2006; Poretsky, 1991; Pasquali et al , 2006;. Bohler et al , 2010; Carmina et al ., 2009; Mitchell et al ., 2005; Clark et al , 1995;. Hoeger et al , 2004;. Palomba et al , 2008. 

Contato:
Fones: (11)5572-4848/(11)5087-4404(11) 2371-3337/ ou 98197-4706 TIM

Rua: Estela, 515 – Bloco D -12ºandar - Conj 121/122
Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002
e-mails: vanderhaagen@gmail.com



Sites Clinicas Caio

Site Van Der Häägen Brazil
Google Maps:
Seguir no Google Buzz

27 de setembro de 2011

ENDOCRINOLOGIA – NEUROENDOCRINOLOGIA: MULHERES COM SÍNDROME DE OVÁRIOS MICROPOLICÍSTICOS COM OBESIDADE (SOBREPESO, OBESIDADE, OBESIDADE ABDOMINAL, INTRA-ABDOMINAL, CENTRAL, VISCERAL) E INFERTILIDADE, MULHERES QUE NÃO OVULAM.



TÊM GORDURA ABDOMINAL SUBCUTÂNEA E INTRA-ABDOMINAL SIGNIFICATIVAMENTE EM MAIOR QUANTIDADE EM COMPARAÇÃO COM MULHERES COM O MESMO IMC E QUE OVULAM, E MAIORES NÍVEIS DE INSULINA EM JEJUM.


Mulheres com síndrome de ovários micropolicísticos com obesidade (sobrepeso, obesidade, obesidade abdominal, intra-abdominal, central, visceral) e infertilidade, mulheres anovulatórias (que não ovulam) têm gordura abdominal subcutânea significativamente maior e maiores níveis de insulina de jejum e também uma quantidade maior de gordura intra-abdominal em comparação com mulheres com o mesmo IMC e que ovulam. Uma possível explicação para um aumento do volume de gordura abdominal subcutânea em mulheres anovulatórias (que não ovulam) com a obesidade poderia ser fornecida pelo conceito de um limite crítico de gordura intra-abdominal. Este conceito sugere que durante o consumo constante de alimentos de alto teor calórico, o armazenamento de gordura na gordura intra-abdominal atinge um ponto de saturação, e depois a gordura é desviada para os compartimentos de gordura subcutânea. Com acúmulo de gordura abdominal subcutânea, ocorrem alterações inflamatórias e aumento no tamanho dos adipócitos, limitando a capacidade de armazenamento de gordura abdominal subcutânea e contribuindo para os efeitos antilipolíticos de insulina.
A gordura é então desviada da gordura abdominal subcutânea para o fígado e músculo esquelético que contribui para o aumento da resistência à insulina. Durante um período de ingestão de calorias, a gordura é rapidamente mobilizada a partir de gordura intra-abdominal, de gordura no fígado, do músculo esquelético e gordura devido à maior atividade lipolítica (destruição de células de gordura) destes compartimentos de gordura. Esta mobilização de gordura intra-abdominal, de gordura no fígado, do músculo esquelético leva à melhora da resistência à insulina. Este mecanismo também poderia explicar os resultados desta avaliação, que a perda precoce e consistente de gordura intra-abdominal e não foi associada com a gordura subcutânea abdominal, leva ao reaparecimento da ovulação.
Avaliações anteriores sugerem que o exercício contribui para a perda de gordura intra-abdominal. Em mulheres anovulatórias ( que não ovulam com síndrome de ovários micropolicísticos, um programa de exercícios orientados apresentou maiores taxas de ovulação e melhora na resistência à insulina em comparação com um programa isolado de dieta. Uma avaliação mais recente mostrou que o exercício foi associado com a perda de gordura intra-abdominal e melhora na resistência periférica à insulina em mulheres com síndrome de ovários micropolicísticos, apesar da manutenção de peso.
O exercício também pode melhorar a resistência à insulina através do aumento da massa muscular e aumento da disponibilidade de glicose no músculo esquelético. Como ficou demonstrada em avaliações anteriores, a retomada da ovulação durante a perda de peso está associada a uma diminuição da insulina de jejum e dos níveis de testosterona livre. Além disso, a perda de peso com melhora na resistência à insulina, e os níveis de insulina, portanto, menores, leva a uma menor produção de andrógenos (hormônios masculinizantes) pelas células da teca (camada externa) do ovário. Menores níveis de andrógenos livres no longo prazo limitam a quantidade de acúmulo de gordura abdominal.
AUTORES PROSPECTIVOS

Dr. João Santos Caio Jr.
Endocrinologia-Neuroendocrinologista
CRM 20611

Dra. Henriqueta V. Caio
Endocrinologista – Medicina Interna
CRM 28930

Como Saber Mais:
1. Durante o consumo constante de alimentos de alto teor calórico, o armazenamento de gordura na gordura intra-abdominal atinge um ponto de saturação, e depois a gordura é desviada para os compartimentos de gordura subcutânea...
http://ovariopolicistico.blogspot.com


2. A gordura é então desviada da gordura abdominal subcutânea para o fígado e músculo esquelético que contribui para o aumento da resistência à insulina...
http://endocrinologiaclinica.blogspot.com


3. Uma avaliação mais recente mostrou que o exercício foi associado com a perda de gordura intra-abdominal e melhora na resistência periférica à insulina em mulheres com síndrome de ovários micropolicísticos, apesar da manutenção de peso...
http://endocrinologiaclinica2.wordpress.com


AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO
DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA.


Referências Bibliográficas:
Prof. Dr.João Santos Caio Jr, endocrinologista,neuroendocrinologista, Dra Henriqueta Verlangieri Caio, endocrinologista,medicina interna-Van Der Häägen Brazil – São Paulo –Brasil, Azziz R, Carmina E, Dewailly D, Diamanti-Kandarakis E, Escobar-Morreale HF, Futterweit W, et al. O excesso de andrógenos e critérios da Sociedade SOP para a síndrome dos ovários policísticos: o relatório da força tarefa completa. Steril Fertil . Fevereiro 2009;. 91 (2) :456-88; Stein I, Leventhal Amenorréia M. associados com ovários bilateralpolycystic. Am J Obstet Gynecol . 1935; 29:181.; Stein IF. Duração da infertilidade após ressecção do ovário cunha. West J Surg . 1964; 72:237.; Kiddy et al , 1992;. Guzick et al , 1994;. Clark et al , 1995;. Holte et al , 1995;. Huber-Buchholz et al ., 1999; Huber-Buchholz et al , 1999;. Thomson et al ., 2008; Goodpaster et al , 1999;. Park e Lee, 2005; Smith e Zachwieja, 1999; Thorne et al ., 2002; Klein et al ., 2004; Tang et al ., 2006; Kuchenbecker et al ., 2010; Freedland, 2004; Weiss, 2007; Koska et al ., 2008; Goodpaster et al , 1999;. Freedland, 2004; Kay e Fiatarone Singh, 2006; Ohkawara et al ., 2007; Christiansen et al , 2009; Palomba et al ., 2008; Hutchison et al ., 2011; Carroll e Dudfield, 2004; Thomson et al , 2008; Guzick et al , 1994;. Pasquali et al , 2006; Poretsky, 1991; Pasquali et al , 2006;. Bohler et al , 2010.


Contato:
Fones: (11)5572-4848/(11)5087-4404(11) 2371-3337/ ou 98197-4706 TIM

Rua: Estela, 515 – Bloco D -12ºandar - Conj 121/122
Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002
e-mails: vanderhaagen@gmail.com




Sites Clinicas Caio
http://dracaio.site.med.br
http://drcaiojr.site.med.br


Site Van Der Häägen Brazil
www.vanderhaagenbrazil.com.br
www.clinicavanderhaagen.com.br
www.obesidadeinfoco.com.br
www.crescimentoinfoco.com


Joao Santos Caio Jr


Google Maps:
http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl=pt&sll=-23.578256,-46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie=UTF8&ll=-23.575591,-46.650481&spn=0,0&t=h&z=17


Seguir no Google Buzz


ENDOCRINOLOGIA – NEUROENDOCRINOLOGIA: A SÍNDROME DE OVÁRIOS MICROPOLICÍSTICOS ASSOCIADA AO SOBREPESO OU OBESIDADE

(SOBREPESO, OBESIDADE, OBESIDADE ABDOMINAL, INTRA-ABDOMINAL, CENTRAL, VISCERAL) LEVA À RESISTÊNCIA À INSULINA E À ANOVULAÇÃO (FALTA DE OVULAÇÃO).

Mulheres anovulatórias (sem ovulação) com síndrome de ovários micropolicísticos e com sobrepeso ou obesidade (sobrepeso, obesidade, obesidade abdominal, intra-abdominal, central visceral) participaram por 6 meses de um programa de mudança de estilo de vida, com orientações dietéticas, atividade física e houve restabelecimento da ovulação que foi associada com maior perda de peso e perda de gordura abdominal avaliada através de 2 feixes de raio-X (DEXA). O restabelecimento da ovulação foi associado com a perda precoce e consistente de gordura intra-abdominal. Em mulheres anovulatórias (sem ovulação) é necessária a perda de mais de 5% do peso corporal para o restabelecimento da ovulação. Avaliações anteriores, usando 2 feixes de raio-X (DEXA) para quantificar as mudanças na gordura abdominal em mulheres com síndrome de ovários micropolicísticos passando por um programa de perda de peso para perder principalmente a gordura intra-abdominal que está associada com a retomada da ovulação.
Esta avaliação confirma esses achados, uma vez que as mulheres que retomaram a ovulação perderam 6,3% de seu peso corporal e 15,0% de gordura abdominal analisado através de 2 feixes de raio-X (DEXA) durante o programa de mudança de estilo de vida, em comparação com as mulheres que não retomaram a ovulação e perderam de 3,0% do peso corporal e de 4,3% de gordura abdominal analisado através de 2 feixes de raio-X (DEXA). Comparado as mulheres que não retomaram a ovulação com as que retomaram a ovulação, estas últimas perderam em média 4,0 kg de peso corporal a mais e 0,5 kg de gordura abdominal a mais analisado através de 2 feixes de raio-X (DEXA). Além disso, esta avaliação mostra que a perda precoce e consistente de gordura intra-abdominal ao longo de um período de 6 meses está associada com a retomada da ovulação. Somente depois de mais de três meses de intervenção, de mudanças de estilo de vida, mulheres que não retomaram a ovulação começaram a perder mais do que a gordura subcutânea abdominal.
Avaliações anteriormente realizadas demonstraram que durante o período inicial de restrição calórica, na perda preferencial de gordura intra-abdominal ocorre o que se correlaciona significativamente com a melhora da resistência à insulina. A perda de gordura intra-abdominal e não de gordura subcutânea abdominal durante a restrição calórica inicial, pode ser explicado pelo aumento da lipólise (destruição das células de gordura) da gordura intra-abdominal, devido à sua maior atividade metabólica. Após a remoção cirúrgica da gordura intra-abdominal, já foi demonstrado melhora da resistência periférica à insulina, enquanto a remoção de gordura subcutânea abdominal por lipoaspiração não altera significativamente a resistência periférica à insulina. 
Com base no mecanismo acima mencionado, a perda precoce e consistente da gordura intra-abdominal em mulheres que retomaram a ovulação podem ter contribuído para melhoria na resistência à insulina e o reaparecimento da ovulação. Perda de peso moderada em mulheres com IMC> 35 kg/m 2 nem sempre leva à diminuição dos níveis de insulina mesmo em jejum como em mulheres com IMC mais baixo, como ficou demonstrado em uma avaliação anterior em mulheres com síndrome de ovários micropolicísticos e obesidade.
                                                                                    
  


AUTORES PROSPECTIVOS 
Dr. João Santos Caio Jr. 
Endocrinologia-Neuroendocrinologista 
CRM 20611 

Dra. Henriqueta V. Caio 
Endocrinologista – Medicina Interna 
CRM 28930 

Como Saber Mais:
1. Houve restabelecimento da ovulação que foi associada com maior perda de peso e perda de gordura abdominal avaliada através de 2 feixes de raio-X (DEXA)...
http://ovariopolicistico.blogspot.com

2. As mulheres que retomaram a ovulação perderam 6,3% de seu peso corporal e 15,0% de gordura abdominal analisado através de 2 feixes de raio-X (DEXA)...
http://endocrinologiaclinica.blogspot.com

3. Após a remoção cirúrgica da gordura intra-abdominal, já foi demonstrado melhora da resistência periférica à insulina, enquanto a remoção de gordura subcutânea abdominal por lipoaspiração não altera significativamente a resistência periférica à insulina...
http://endocrinologiaclinica2.wordpress.com

AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO
DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA.



Referências Bibliográficas:
Prof. Dr.João Santos Caio Jr, endocrinologista,neuroendocrinologista, Dra Henriqueta Verlangieri Caio, endocrinologista,medicina interna-Van Der Häägen Brazil – São Paulo –Brasil, Azziz R, Carmina E, Dewailly D, Diamanti-Kandarakis E, Escobar-Morreale HF, Futterweit W, et al. O excesso de andrógenos e critérios da Sociedade SOP para a síndrome dos ovários policísticos: o relatório da força tarefa completa. Steril Fertil . Fevereiro 2009;. 91 (2) :456-88; Stein I, Leventhal Amenorréia M. associados com ovários bilateralpolycystic. Am J Obstet Gynecol . 1935; 29:181.; Stein IF. Duração da infertilidade após ressecção do ovário cunha. West J Surg . 1964; 72:237.; Kiddy et al , 1992;. Guzick et al , 1994;. Clark et al , 1995;. Holte et al , 1995;. Huber-Buchholz et al ., 1999; Huber-Buchholz et al , 1999;. Thomson et al ., 2008; Goodpaster et al , 1999;. Park e Lee, 2005; Smith e Zachwieja, 1999; Thorne et al ., 2002; Klein et al ., 2004; Tang et al ., 2006.



Contato:
Fones: (11)5572-4848/(11)5087-4404(11) 2371-3337/ ou 98197-4706 TIM

Rua: Estela, 515 – Bloco D -12ºandar - Conj 121/122
Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002
e-mails: vanderhaagen@gmail.com



Sites Clinicas Caio
http://dracaio.site.med.br
http://drcaiojr.site.med.br

Site Van Der Häägen Brazil
www.vanderhaagenbrazil.com.br
www.clinicavanderhaagen.com.br

www.obesidadeinfoco.com.br
www.crescimentoinfoco.com


João Santos Caio Jr

Video

Google Maps:
http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl=pt&sll=-23.578256,-46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie=UTF8&ll=-23.575591,-46.650481&spn=0,0&t=h&z=17


Seguir no Google Buzz